Pular para o conteúdo

16 de agosto de 2012

Governador lança editais para a indústria criativa e incubadoras 08/08/2012

por innovacentro

R$ 3,3 milhões devem apoiar negócios ligados à Nova Economia

O governador Tarso Genro lança nesta quarta-feira (8) dois editais no valor total de R$ 3,3 milhões para apoiar negócios ligados à nova economia e incubadoras de base tecnológicas ou científicas gaúchas. Como resultado da missão à Grã-Bretanha, a Secretaria da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (SCIT) disponibiliza recursos para segmentos da indústria criativa, como previsto na Política Industrial do Estado. O evento de lançamento ocorre às 18h, no átrio do Santander Cultural (Rua Siqueira Campos 1125, Centro Histórico – Porto Alegre).

O edital para a indústria da criatividade, no valor de R$ 1,2 milhão, oportunizará o desenvolvimento de novos processos, produtos ou serviços para a sociedade nas áreas de audiovisual, novas mídias e design. O núcleo gaúcho do setor criativo movimenta anualmente R$ 5,2 bilhões, uma fatia de 5,6% de toda a área criativa do país.

“É um divisor de águas no que se refere a políticas públicas voltadas ao setor da Economia Criativa no Estado. É a oportunidade para a criação de novas empresas e novos mercados, inclusive internacionais”, avalia o secretário Cleber Prodanov.

Já o edital de R$ 2,1 milhões destinado às incubadoras de base tecnológica e da indústria criativa estimula a inovação nestes empreendimentos. Segundo dados da Rede Gaúcha de Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos (Reginp), existem 20 incubadoras desse tipo no Rio Grande do Sul. Destas, 19, localizadas em 12 municípios, já apresentaram a documentação junto SCIT para credenciamento no Programa RS Incubadoras. A medida é o primeiro passo para instituições que pretendem participar do edital.

“O Governo cumpre o seu papel ao estimular contribuir para a expansão de investimentos em pesquisa científica e tecnológica, na transferência de tecnologia, no desenvolvimento de novas empresas e, consequentemente, no avanço da nossa economia”, afirmou Prodanov.

Setores contemplados
Audiovisual: são consideradas formas que combinam elementos sonoros e imagem, bem como a cada produto gerado por essas formas da comunicação, ou ainda à tecnologia empregada para registro, tratamento e exibição de som e imagem. Compreende atividades como filmes, televisão, rádio e outras formas de transmissão.

Novas mídias: refere-se à soma das tecnologias e metodologias voltadas à comunicação que diferem dos tradicionais como televisão, rádio, imprensa, etc. As “novas mídias” possibilitam interação maior com o usuário, são multifuncionais, e articulam principalmente com internet e tecnologias móveis. Compreende as atividades de software, jogos digitais, conteúdo criativo digital, simulação e animação.
Design: voltado à idealização, criação, desenvolvimento, configuração, concepção, elaboração e especificação de bens e serviços direcionados para as necessidades do consumidor; é uma atividade estratégica, técnica e criativa, que visa à melhoria dos aspectos funcionais ergonômicos e visuais. Compreende as atividades do design de moda e design de produto.

Publicado na SCT, em 08/08/2012.

Anúncios
Leia mais de Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: