Pular para o conteúdo

19 de junho de 2012

Cisco inventa… o espelho mágico

por innovacentro

Um sistema criado pela Cisco para lojas de varejo permite experimentar roupas virtualmente como num videogame O consumidor entra na loja, fica em frente a um “espelho” e se vê usando uma variedade de roupas. Basta um gesto para mudar a cor de uma peça e testar uma nova combinação. Esse provador virtual para o comércio de roupas foi desenvolvido pela Ciscoe vem sendo testado em lojas no Reino Unido, incluindo algumas da rede John Lewis.

Além de tornar a compra mais divertida, o sistema da Cisco pode agilizar o processo de escolha, algo muito bem vindo num dia de loja lotada. Chamado StyleMe, ele usa tecnologia similar à do sensor para jogos Kinect, da Microsoft. O “espelho” é uma tela de cristal líquido. Junto a ele, uma câmera capta imagens da pessoa à frente. Um computador usa essas imagens para determinar as medidas corporais dela.

O computador ajusta o tamanho das fotos das roupas, que são mostradas na tela sobrepostas à imagem da pessoa. Assim, ela se vê como se estivesse usando a roupa escolhida. Na loja John Lewis, o StyleMe está sendo testado com um catálogo de 500 roupas e acessórios femininos. O sistema mostra um menu na tela, onde é possível selecionar uma peça de roupa.

A interessada pode pesquisar por marca, cor, tipo de produto, tamanho e preço. Isso é feito por meio de gestos, no estilo do Kinect. Já o vendedor usa um tablet para interagir com o sistema. Quando uma roupa é escolhida, a compradora pode colocá-la num guarda-roupa virtual. O sistema fornece detalhes e sugere outras roupas e acessórios que combinam com a peça selecionada.Se houver várias opções de cores, ainda é possível experimentar as diferentes tonalidades selecionando-as com as mãos. A Cisco diz que o sistema foi bem recebido por homens e mulheres de todas as idades. Mas ele agrada principalmente às mulheres com mais de 50 anos e àquelas com idade em torno de 20 anos.

As razões para o sucesso com compradoras dessas duas faixas de idade são diferentes. As mais velhas não gostam de ficar muito tempo experimentando roupas num provador. Por isso, apreciam a comodidade do sistema virtual. Já as mais novas consideram a compra virtual mais divertida. O plano da empresa é lançar o StyleMe comercialmente em 2013.

Kinect

Esse não é o único projeto de provador virtual sendo desenvolvido. A empresa russa AR Door, por exemplo, criou um sistema similar que emprega o próprio Kinect para captar as imagens e identificar os gestos do comprador. Vem sendo usado desde o ano passado na loja Topshop, em Moscou. Ele permite, inclusive, que a pessoa se vire para ver a parte traseira da roupa.

A AR Door, porém, parece estar mais longe do que a Cisco de transformar o sistema em produto comercial. O provador virtual dos russos exige uma preparação complexa das imagens das roupas, o que acaba inviabilizando seu uso em muitas situações. O vídeo abaixo mostra o StyleMe, da Cisco, em ação.Publicado na Exame.com, em 18/06/2012.

Anúncios
Leia mais de Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: