Pular para o conteúdo

19 de outubro de 2011

Empresas da UE investem em pesquisa, mas ainda precisam de inovações

por innovacentro

Segundo relatório da Comissão Européia, apesar da alta dos investimentos em pesquisa e desenvolvimento, bloco ainda está atrás de EUA e Ásia

Bruxelas – Empresas da União Europeia (UE) aparecem entre as 40 firmas comunitárias que mais investiram em pesquisa e desenvolvimento (P&D) em 2010, segundo um relatório publicado nesta terça-feira pela Comissão Europeia, que também pediu às companhias ‘mais esforços’ destinados à inovação.

O relatório indica que os investimentos em P&D das principais empresas da UE cresceram 6,1% em 2010, após a diminuição de 2,6% em 2009. Esses índices representam ‘uma significativa recuperação’, disse Máire Geoghegan-Quinn, comissária europeia de Pesquisa, Inovação e Ciência.

No entanto, os dados correspondentes às 1.400 principais empresas do mundo indicam que as empresas da UE ‘ficam atrasadas em relação aos concorrentes nos Estados Unidos e em algumas economias asiáticas em desenvolvimento’ – por isso a comissária cobrou ‘mais esforços’.

As 50 primeiras empresas do mundo em investimentos em P&D incluem 15 empresas da UE, 18 dos EUA e 13 do Japão, explicou a comissária.

Os dois primeiros postos da lista são ocupados por companhias farmacêuticas, a suíça Roche (com uma despesa total de 7,2 bilhões de euros em P&D) e a americana Pfizer (7 bilhões).

A alemã Volkswagen, com 6,3 bilhões de euros, aparece no sexto lugar e o primeiro da UE, seguida na lista comunitária por Nokia (11º em nível mundial, com 4,9 bilhões de euros).

A Comissão menciona estas companhias entre os casos de Estados-membros, ou seja, ‘onde poucas empresas representam grandes porcentagens do aumento dos investimentos em P&D’.

Mais de dois terços dos investimentos em P&D analisados no relatório procede de empresas estabelecidas nos três maiores Estados-membros, e as empresas alemãs foram as que registraram o crescimento mais alto em um ano (8,1%), devido, principalmente, às companhias automobilísticas Daimler, Volkswagen e BMW.

O aumento dos investimentos em P&D por parte de empresas do Reino Unido foi de 5,8%, um número próximo à média da UE, contra 3,8% das empresas francesas. EFE

Publicado na Revista Exame, em 18/10/2011

Anúncios
Leia mais de Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Observação: HTML é permitido. Seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Assinar os comentários

%d blogueiros gostam disto: